brasileiro

 
image

Novembro Azul

Em 2003, em Melbourne na Austrália, Travis Garone e Luke Slattery tomaram a iniciativa de abrir os olhos do mundo para a saúde masculina. Inspirados na mãe de um amigo que participava da campanha do Outubro Rosa, resolveram arrecadar dinheiro para instituições de tratamento de câncer de próstata. A Fundação do Câncer de Próstata de Austrália foi a primeira instituição a ser parceira da atitude dos dois. Juntaram-se com mais dois amigos, Adam Garone e Justin Coghlan, e apelidaram aquele atual novembro de Movember. O nome faz referência a moustache (bigode em inglês) e november (novembro em inglês).

Como estavam tratando de um assunto relacionado a saúde masculina, resolveram, atitude simbólica, deixar seus bigodes crescerem durante todo o mês. Essa seria a marca principal da campanha.
Passaram a chamar de Mo Bros e Mo Sister as pessoas que colaboravam com sua campanha e no segundo ano de campanha já somavam mais de 450 voluntários e mais de R$118.000,00.
Em 2006 foi realizado um estudo no país que mostrou que além do câncer de próstata, a depressão e a ansiedade também era fatos agravantes nos homens. À partir daí o mundo passou a olhar com mais cautela para a saúde masculina.
Passados os anos de Movember, a campanha já voluntariou mais de 4 milhões de pessoas e já arrecadou mais de R$1 bi, fundos distribuídos para instituições de mais de 20 países.
No Brasil a campanha teve início em 2012, por uma parceria da Sociedade Brasileira de Urologia com o Instituto Lado a Lado Pela Vida.

O que é a próstata?

A próstata é uma glândula masculina que é responsável pela produção e armazenamento do líquido espermático, isto é, é a glândula responsável pela reprodução do homem.

Câncer de Próstata

Esse tipo de câncer é mais comum do que se parece. De acordo com o Instituto Nacional de Câncer, é a segunda doença mais comum nos homens, perdendo apenas para o câncer de pele não-melanoma. Em uma projeção feita pelo Instituto, no ano de 2014, 12 mil homens descobrirão o câncer em estágio avançado, complicando o tratamento e correndo risco de morte.

Sintomas

Na maioria dos casos, não existem sintomas na fase inicial da doença. Por isso a atenção deve ser redobrada à partir dos 40 anos do homem. Em alguns casos ocorrem diferentes sintomas:

  • Jato de urina reduzido ou muito fraco;
  • Sensação de bexiga cheia, mesmo acabando de urinar;
  • Sangue na urina ou no esperma;
  • Problemas para conseguir manter uma ereção;
  • Sensação de dor na parte baixa das costas ou na pélvis (abaixo do testículos);

Tratamento

Existem vários tratamentos para o câncer, e todos eles vão depender de qual estágio se encontra o mesmo. Caso o câncer afete somente a próstata, que é o caso mais comum, podem ser feitos diferentes tratamentos, sendo eles:

  • Vigilância ativa – consiste em acompanhar de perto a próstata, sempre fazendo check-up e isso ajuda também a evitar o tratamento desnecessário em homens com baixo risco de câncer;
  • Cirurgia – a próstata é retirada por completa;
  • Braquiterapia – implementação de sementes radioativas na próstata;
image

Aguenta coração! Como vai a saúde do seu?

Haja coração para aguentar as emoções de um evento esportivo do tamanho de um mundial, ainda mais quando acontece em casa! Você sabia que as fortes emoções da torcida pelo seu time favorito pode ser um perigo para seu coração, principalmente se você não sabe como está a saúde dele?

O que acontece com seu coração durante os jogos

Em momentos de tensão como os vivenciados durante um jogo de futebol importante você pode experimentar taquicardia, arritmia, aumento da pressão ou contração exagerada das artérias, e isso somada a algum tipo de cardiopatia, pode comprometer a sua saúde cardiovascular.

Isso acontece porque durante momentos de emoção exagerada nossas glândulas suprarenais secretam quantidades altas de adrenalina e esse hormônio pode fazer com que os sintomas já mencionados durem até 24 horas. Ainda tem outro hormônio, que é liberado também pelas glândulas suprarrenais, chamado Cortisol. Neurologistas afirmam que ele está diretamente ligado ao stress, fazendo com que você fique preparado para o combate, com os nervos a flor da pele, exatamente como os torcedores mais eufóricos do nosso futebol.

Por isso é importante saber da sua saúde cardiovascular, pois a maioria dos acidentes cardiovasculares (AVC) ocorrem em pessoas que não estão sob medicação.

Além de tudo isso o consumo de bebidas alcóolicas e alimentos pouco saudáveis como salgadinhos e outros petiscos com molhos artificiais, excesso de sódio ou ricos em gordura também influenciam na saúde do seu coração.

Check-up com cardiologista

Visite seu cardiologista regularmente, pratique exercícios físicos e cuide bem da sua alimentação. E faça todos os exames e fique por dentro da saúde do seu coração para acompanhar os jogos do seu time favorito sem sustos nem complicações!

Como se proteger

Além de visitar seu cardiologista e levar uma vida mais saudável, caso você tiver alguma cardiopatia mantenha rigorosamente sua medicação e fique de olho nos principais sintomas:

  • dor no tórax
  • palpitações
  • taquicardias
  • sudorese
  • cefaleias
  • falta de ar
  • pressão alta durante ou logo após os jogos

Se algum desses sintomas surgirem busque ajuda imediatamente, não deixe para se cuidar depois do jogo que pode ser tarde demais.

Lembre-se: nenhum jogo ou time de futebol vale a sua saúde ou a sua vida.