Outubro Rosa

Em 2002 o Brasil ficou mais cor de rosa. Mais precisamente no dia 2 de outubro com o Obelisco do Ibirapuera em rosa. Em pleno aniversário do Encerramento da Revolução. Atitude tomada por um grupo de mulheres ativistas da luta à favor da conscientização do câncer de mama, foi a primeira ação relacionada ao Outubro Rosa.

O país acabara de entrar no role mundial de prevenção do câncer de mama e não parou mais. Em 2008, em comemoração ao Dia das Mães, ao Dia Estadual de Prevenção ao Câncer de Mama – comemorado todo terceiro domingo do mês de maio – e em preparação ao Outubro Rosa, o Instituto Neo Mama de Prevenção e Combate ao Câncer de Mama iluminou de rosa a Fortaleza da Barra, em Santos.

No mês de outubro do mesmo ano várias entidades relacionadas ao combate ao câncer de mama iluminaram monumentos e prédios de luzes rosas. As principais cidades do país aderiram à causa e até hoje fazem parte desta campanha. O monumento mais importante do país também ficou rosa no ano de 2008. A iluminação rosa do Cristo Redentor (RJ) foi um marco que deu destaque ao país pelo mundo inteiro, por ser uma das sete maravilhas do mundo.

Com o passar dos anos a campanha no Brasil foi se expandindo a cada dia mais, alertando a sua população sobre os riscos e causas do câncer de mama. E você, o que sabe sobre a doença? Separamos algumas informações para você.

  • Não existem causas específicas para o desenvolvimento do câncer, há alguns fatores que podem contribuir. A idade por exemplo é um dos fatores, pois quanto maior avançada for, maior o risco, naturalmente. Consumo excessivo de álcool, menarca precoce, o fato de não ter filhos, menopausa tardia, também são alguns dos fatores que contribuem com o desenvolvimento da doença;
  • A doença em homens é bem rara. Estima-se que menos de 1% dos casos de câncer de mama seja em indivíduos do sexo masculino;
  • A doença também pode ser detectada pelo toque nos seios, porém, não é a única forma. Esteja com seus exames em dia para que não haja surpresas futuras. Lembrando que o nódulo, quando existente, é indolor no início, então não espere sentir dor para fazer os exames necessários;
  • As chances de cura são de 95% caso o câncer seja detectado no início de seu desenvolvimento;

Nunca confie apenas no autoexame. Consulte seu médico e se proteja dos riscos.