Taubaté: casos de HIV aumentam 61%

A cidade de Taubaté sofreu em um ano o aumento de 61% de casos de confirmados de contração do HIV, o responsável pela AIDS. Atingindo em sua maioria jovens adultos, pessoas com idades entre 20 e 34 anos.

Com os avanços no desenvolvimento de novos medicamentos dos últimos vinte anos os pacientes que sofrem com a AIDS podem agora sustentar uma vida relativamente normal. Quase não se associa mais a imagem dos pacientes que contraiam múltiplas infecções oportunistas, aquelas que acometem o sistema imunológico enfraquecido, magros e incapacitados ao portador do HIV. Os coquetéis de remédios distribuídos pelo governo desde os anos 90 vem transformando isso em uma realidade, apesar de haverem aqueles que não respondem tão bem as medicações, seja por ineficiência ou reações adversas.

A AIDS é hoje controlável, mas ainda assim, incurável. Mesmo com as mais recentes pesquisas sobre uma possível vacina para a AIDS, permanece claro que a prevenção é a mais eficiente medida contra a proliferação do vírus. Para se melhor proteger contra o vírus, a informação é indispensável.

Isso inclui o sexo sem o uso de preservativos com pessoas infectadas, este sendo homo ou heterossexual e a partilha de agulhas ou objetos cortantes que contenham fluidos corpóreos contaminados com HIV.

Saiba mais sobre os métodos de prevenção no link: http://www.aids.gov.br/pagina/duvidas-frequentes#prevencao

E confira também a matéria original com as informações sobre Taubaté: http://g1.globo.com/sp/vale-do-paraiba-regiao/noticia/2015/02/casos-de-hiv-crescem-61-e-maioria-dos-infectados-e-jovem-em-taubate.html