Diabetes, uma doença silenciosa

É relacionado ao envelhecimento da população e dietas poucos saudáveis, aumento da obesidade e o sedentarismo. O diabetes é considerado uma epidemia mundial. Ele surge de forma silenciosa, e só apresenta algum sintoma quando a taxa de glicemia está muito elevada.

A Federação Internacional de Diabetes (IDF), estima que até 2035, o número de portadores de diabetes deverá chegar a 592 milhões. Segundo o Ministério da Saúde, no Brasil, estima-se que existam aproximadamente 11 milhões de pessoas portadoras de diabetes, sendo que 3,5 milhões ainda não sabem que possuem a doença.

Sintomas

Ao sentir muita sede, ter vontade de urinar com mais frequência, emagrecer sem motivo aparente, sentir cansaço, dores nas pernas, câimbras, e infecções genitais, fique atento! Pois esses são alguns sintomas de diabetes, que são apresentados quando a glicemia está muito elevada.
Se esses sintomas não forem tratados, poderá evoluir para quadros graves de desorientação, sonolência e até coma, diz a Dra. Resane Kupfer, vice-presidente do Departamento de Diabetes da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM).

Antes que apareça algum sintoma, é recomendável que pessoas com mais de 40 anos, que tenham fatores de risco como histórico da doença na família, excesso de peso, hipertensão, sedentarismo, hábitos alimentares não saudáveis, alterações em lipídios ou se já tiveram diabetes gestacional, façam exames de sangue periodicamente para controlar a glicemia, diz a médica.

Isso também serve para as crianças, principalmente de 10 a 14 anos, pois são mais suscetíveis á doença. Já o diabetes tipo 2 tem uma incidência maior em pessoas com mais de 50 anos. Porém, com o aumento da obesidade em jovens, essa faixa etária tende a cair, afirma a Dra. Rosane.

Visite regularmente seu médico e conte com o Laboratório SACE para a realização dos seus exames.