COMBATE A ANEMIA: VITAMINA B9 É ENCONTRADA NAS CERVEJAS

cervejaCOMBATE A ANEMIA: VITAMINA B9 É ENCONTRADA NAS CERVEJAS

 

De acordo com a pesquisa realizada pela Faculdade de Engenharia de Alimentos (FEA) da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) constatou que a cerveja, do mesmo modo que as verduras de cor escura, contém em sua composição a vitamina B9 (geralmente as pessoas a conhecem como ácido fólico ou folato) – é fundamental para combater anemia e doenças cardiovasculares.

 

Segundo a engenheira de alimentos Ana Cecília Polônia Rybka, que é responsável por executar a pesquisa, conta que foi feito análise de três tipos de cervejas fabricadas no Brasil: pilsen, sem álcool e malzbier. “Surgiram os seguintes resultados: a cerveja tem cerca de 20 microgramas de folato por 100 ml. Uma lata tem de 17% a 20% das quantidades de vitamina B9 recomendada (por dia, para um adulto) ”, explica. Passaram por análise cinco formas de folato e três deles constavam na bebida. “Ainda de acordo com a pesquisadora, a cerveja não substitui esse nutriente tão essencial ”. Não só a vitamina B9, mas passaram por análise também na pesquisa as quantidades de compostos fenólicos (antioxidantes, substâncias que ajudam a combater o surgimento de radicais livres na corrente sanguínea) nas cervejas.

 

Os tipos de variações – O tipo malzbier contém o dobro de compostos desse tipo do que as cervejas pilsen e sem álcool. A cerveja sem álcool revelou ter o teor abaixo, bem parecido ao teor localizado na cerveja pilsen, tanto de folatos como de compostos fenólicos.

 

A pesquisadora informa que, não adianta consumir cerveja em alta quantia, pois isso não suprirá a falta da vitamina B9. “Álcool em excesso traz prejuízo ao organismo, as vitaminas não são absorvidas corretamente, incluindo o próprio folato”, salienta. “Segundo estudos, o álcool em pequenas doses, não prejudica o organismo. ”

 

MAS, AFINAL PARA QUE SERVE O LEVEDO DA CERVEJA?

 

Podemos dizer que é uma das mais ricas fontes de vitaminas do complexo B e de proteínas, tendo como vantagem de não conter o colesterol e gordura, possui como características similares às de proteínas de origem animal. O levedo de cerveja tem em sua composição um elevado teor de proteínas, fibras e vitaminas.

 

ONDE NORMALMENTE É USADO?

 

Para tratamentos de diarreia, perda de apetite, acne crónico, furunculose, queda de cabelo, eczema psoríase, diabetes, fadiga, estresse, equilibra a flora intestinal. Pode ser utilizada como uma fonte de vitaminas B e proteínas. É muito comum usar levedo como aromatizante em sopas e caldos que sofrem desidratação ou mesmo complementa a falta de nutrientes da alimentação humana, normalmente são vendidos na forma de flocos, cápsulas ou comprimidos.

O levedo de cerveja desenvolve na sua composição uma ação desintoxicante tendo como aumento a redução de substâncias prejudiciais, ajuda a fortalecer o sistema imunológico e os nervos. A vitamina B9 tem em sua composição grande quantidade de fibras, aminoácidos (formadores das proteínas), vitaminas, sobretudo as do complexo B e sais minerais, além de uma alta quantia de ferro orgânico também. O gosto amargo é resultado de uma enorme presença de cromo, é primordial no metabolismo do açúcar.

 

QUAIS OS BENEFÍCIOS DO LEVEDO?

 

O Levedo de Cerveja possui inúmeras funções dentro do organismo, ajudam a repor vitaminas e aminoácidos que são primordiais ao bom funcionamento do corpo. O levedo de cerveja é recomendado para : diabetes (por conta do alto teor em glutationa – um péptido sulfurado (composto de ácido glutâmico, cisteina e glicocola), exercendo  ação preponderante em todos os fenômenos biológicos e, de modo particular, nas reações de oxido-redução, nos processos de desintoxicação e de resistência às infecções), furunculose, acne e demais problemas de pele, gravidez, anemias, atrasos de crescimento e desenvolvimento, afecções do sistema linfático (intoxicações e infecções), arteriosclerose, doenças artríticas e alcoolismo.

 

Atua como reconstituinte do sistema nervoso. Ajuda a regular as glândulas endócrinas, como a tiroide, o pâncreas, as suprarrenais, as gônadas. Nada mais é do que um tônico geral cardíaco e circulatório. Favorecendo também a captação dos alimentos, trazendo equilíbrio e rejuvenescimento a flora intestinal, atuante também como protetor hepático (sendo recomendada nos estados pré-cirróticos e nas degenerescências adiposas do fígado).

 

Sendo fortemente adequada aos desportistas, dando-lhes melhor resistência, ajudando no trabalho muscular e promover o corte de toxinas residuais.

 

 

Saiba mais em Revista Veja & Toda Perfeita .Curta nossa FAN PAGE .